Lunar Roving Vehicle & Tesla Roadster

Os primeiros veículos para humanos que foram para o espaço

Vale detalhar que também, existem outros veículos lançados ao espaço, porém - são veículos autônomos, estamos falando de veículos em que um humano possa dirigir,
que neste caso, se trata do Lunar Roving Vehicle - cosntrído para transportar os astronautas na lua, e o Tesla Roadster, veículo de produção de linha, lançado ao espaço,
para teste de carga e efeitos de marketing. Ambos são veículos elétricos.

Lunar Roving Vehicle

O veículo explorador da Lua, ou em inglês, o Lunar Roving Vehicle, é um pequeno veículo elétrico,
que permitiu aos astronautas das missões Apollo dirigir nas vizinhanças do local de pouso do módulo lunar, para realizar observações geológicas,
coletar amostras de rochas e de solos, para fazer o uso de instrumentos científicos, em vários pontos da Lua, além de poderem se deslocar a pontos mais distantes de seu local de pouso.

O veículo foi pela primeira vez utilizado na missão Apollo 15, que foi o quarto pouso da missão Apollo na Lua. O veículo foi usado para explorar regiões distantes cerca de 5 km do local de pouso.
Posteriormente, o veículo também foi usado nas missões Apollo 16 e Apollo 17. Todos os protótipos levados à Lua foram lá deixados, ao final de cada missão.

História
O conceito de um veículo para auxiliar na exploração do solo lunar é, curiosamente, anterior à época do Projeto Apollo, proposto pela primeira vez em uma série de artigos publicados na revista Collier's Weekly, por Wernher von Braun e outros, artigos estes que receberam o nome "Man Will Conquer Space Soon!".

Nestes, von Braun descreveu um veículo dotado de rodas, capaz de se deslocar por terrenos acidentados e que poderia permanecer na Lua por seis semanas. O primeiro veículo proposto era semelhante a um trator e teria cerca de 10 toneladas.

Em 1956, Mieczysław G. Bekker publicou dois livros sobre locomoção em solo, livro este que solidificou as bases teóricas para a futura exploração lunar efetuada por veículos.

Em um livro publicado em 1968, um ano antes de ida dos primeiros astronautas à Lua, o escritor Arthur Clarke apresentou a imagem de um veículo semelhante ao proposto, possuindo uma cabine pressurizada e dotado de rodas semelhantes a pneus de tratores, que estava sendo desenvolvido pela NASA, para ser levado à Lua no futuro, após as missões Apollo.


Tesla Roadster


O Tesla Roadster do Elon Musk é um carro esporte elétrico que serviu como carga de teste para o voo de teste do Falcon Heavy no dia 6 de Fevereiro de 2018.
Um manequim apelidado de Starman "dirige" o carro vestindo uma roupa espacial. o Tesla Roadster de 2008 e o foguete Falcon Heavy são ambos produtos das empresas Tesla e SpaceX do Elon Musk.
Esse carro era anteriormente usado para Musk ir trabalhar, e se tornou o primeiro carro de consumidor enviado ao espaço.

Junto com o segundo estágio do foguete, o qual ainda está preso, o carro se junta na lista de objetos em órbita heliocêntrica.
O impulso do segundo estágio deu uma combinação de velocidade o suficiente para escapar da gravidade da Terra e entrar numa órbita elíptica ao redor do Sol que cruza a órbita de Marte.
A órbita alcança a distância máxima do Sol em seu afélio de 1.66 unidades astronômicas (ua).
Durante a porção inicial da viagem, a combinação fez uma transmissão ao vivo de volta para a Terra por quase quatro horas.

A escolha de enviar esse carro como uma carga de teste foi variadamente interpretada como marketing para a Tesla

Em Março de 2017, o fundador da SpaceX, Elon Musk, declarou que pelo fato do lançamento do novo Falcon Heavy ser muito perigoso, ele levaria a bordo a "coisa mais boba que pudermos imaginar".

Em Dezembro de 2017, Musk anunciou que a carga útil seria seu Tesla Roadster.

Depois, naquele mês, fotos do carro foram tiradas e lançadas ao público antes do encapsulamento da carga.

Um dos objetivos da SpaceX para o voo planejado era de demonstrar que seu novo foguete poderia mandar uma carga útil e lançável para até além da órbita de Marte.
A empresa ofereceu à NASA a chance de levar um equipamento científico, o que foi recusado.

Seguindo ao lançamento bem sucedido, o Roadster se tornou o primeiro veículo de consumo enviado ao espaço.

Três veículos tripulados feitos sobre medida foram previamente mandados ao espaço: os rovers lunar das Apollo 15, 16, e 17 na década de 70; todos deixados na Lua.

Roadster como carga
O carro foi permanentemente montado no foguete numa posição inclinada acima do adaptador de carga, com o objetivo de balancear a distribuição de massa.
Estruturas tubulares foram adicionadas para montar as câmeras frontais e traseiras.

Posicionado no assento do motorista está o "Starman", um manequim em tamanho real colocado num traje espacial da SpaceX.
Foi colocado com a mão direita no voltante e o cotovelo esquerdo descansando na janela.
O manequim foi batizado pela canção "Starman" de David Bowie e o sistema de som do carro foi preparado antes do lançamento para ficar num loop contínuo da música "Space Oddity" do Bowie.

Tem uma cópia do romance de 1979 do Douglas Adams, o The Hitchhiker's Guide to the Galaxy no porta luvas junto de referências ao livro na forma de uma toalha e um sinal no dashboard que se lê DON'T PANIC!".
Uma miniatura do Roadster de Hot Wheels com uma miniatura do Starman está montada na janela.
Uma placa levando os nomes dos empregados que trabalharam no projeto está colocada abaixo do carro, e uma mensagem na placa de circuito do veículo lê-se "Feito na Terra por Humanos".
O carro também leva uma cópia da trilogia Fundação num disco óptico 5D criado com prova de conceito para o dispositivo de armazenamento de dados de alta densidade e grande duração do Arch Mission Foundation e dado ao Musk,
que é um fã da trilogia.

 

 

 

 


fonte: Wikipédia

 

 

Tecnologia

More Articles