SENAI/SC prepara estudantes russos para mundial de profissões

O SENAI de Joinville (unidade Norte) recebeu estudantes russos que se prepararam para o mundial de profissões, a WorldSkills Competition. Os jovens Maria Kumaritova, Shamil Khakimov e Daniil Tugulev vão competir na modalidade Plastic Die Engineering (Engenharia de moldes), e Fedor Timokhov, Daniil Barkov, Evgenii Drimalovskii e Igor Kuzminykh em Manufactoring Team Challenge (Manufatura integrada). Eles ficaram em Santa Catarina até sexta-feira, dia 26. O mundial ocorre em Kazan, na Rússia, de 22 a 27 de agosto.

"Eu vim ao Brasil para me preparar para a WorldSkills. O SENAI é um bom lugar com uma base de estudos muito grande. Fizemos novos amigos, como Vitor e Lucas (alunos de São Paulo), concorrentes em nossa modalidade", comenta Daniil Barkov, de 19 anos.

Daniil Tugulev trabalha no polimento das cavidades dos moldes (Foto: André Kopsch) Confira a cobertura fotográfica completa no Flickr da FIESC.

Os países que participam da WorldSkills promovem entre si intercâmbio para que os alunos conheçam diversas técnicas ligadas à ocupação que disputam no mundial. "A disponibilidade de equipamentos especiais para agilizar o processo de trabalho, o desempenho e a versatilidade dos equipamentos produzidos no Brasil, o alto nível e experiência de especialistas e uma atmosfera amigável tornam a capacitação no Brasil extremamente útil. Dessa forma, podemos avaliar o nível dos nossos alunos", avalia Artur Gareev, vice-diretor do Instituto de Pesquisa Científica de materiais de construção com base em grafite (NII Graphite), que acompanha os estudantes russos em Santa Catarina.

Na Rússia, o competidor deve se tornar membro da seleção nacional para participar da WorldSkills. Os estudantes participam de ciclos que consistem em três semanas de treinamento e uma semana de descanso. Cada um tem um diagrama de evolução para os resultados do treinamento.

Os estudantes russos são orientados pelos professores do SENAI Dinor Martins, de Joinville, e Alan Quiterio, de São Paulo. "Eles participarão de um treinamento em Engenharia de Moldes para Polímeros e Manufatura Integrada. Somos um dos principais polos industriais do país e, portanto, referência nesse campo. Compartilhar o conhecimento adquirido no SENAI é com certeza uma experiência fantástica para nossos alunos ", explica Martins.

Os paulistas Lucas Washington, Vinicius Ribeiro e Bruno Claro, que representarão o Brasil nas duas modalidades, também participam do treinamento.

Treinamento em TI - O estudante Eduardo Hermann, do SENAI de Blumenau, também participou de intercâmbio na Austrália de 10 a 14 de abril. Ele se prepara para competir em IT Network Systems Administration (Administração de Redes de Computadores). "Esta competição é um teste das principais tecnologias que serão aplicadas em Kazan, com isso, consegui absorver muitas ideias e novas tecnologias que são tendência no cenário mundial da nossa área. O trabalho daqui até a Worldskills ficará mais intenso, com o intuito de corrigir falhas e aprimorar processos já dominados", comenta.

A WorldSkills Kazan 2019 será realizada de 22 a 27 de agosto, na Rússia. O evento é organizado pela WorldSkills International, entidade que trabalha, desde 1950, para o desenvolvimento e a excelência das ocupações técnicas. O torneio reúne, de dois em dois anos, competidores de países e regiões das Américas, Europa, Ásia, África e Pacífico Sul. A expectativa brasileira para este ano é estar entre os melhores times do mundo e, se possível, repetir o feito obtido em São Paulo, em 2015, quando a equipe foi a campeã. Na edição de Kazan, participarão 70 países e 1,5 mil competidores.

 

 

 


fonte: Fiesc

Saúde & Bem Estar

More Articles

Curiosidades da história

More Articles

Tecnologia

More Articles