Operação "Sistema Vital" apura corrupção na aprovação de projetos contra incêndio em Navegantes

Nesta quinta-feira (15/8), foram cumpridos seis mandados de prisão temporária e 11 de busca e apreensão.


Em apoio à 5ª Promotoria de Justiça da Comarca da Capital e à 4ª Promotoria de Justiça da Comarca de Navegantes, nesta quinta-feira (15/8) o Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) deflagrou a operação "Sistema Vital", visando desarticular um esquema de corrupção para aprovação de projetos preventivos contra incêndio em Navegantes.

O Procedimento Investigatório Criminal (PIC) teve início na 5ª PJ da Capital que, com apoio do GAECO, desencadeou investigações no intuito de apurar os fatos, sendo que descobriu-se o envolvimento de dois Bombeiros Militares, um servidor público municipal, empresários e também um engenheiro da região, em uma trama que visava facilitar a tramitação de projetos preventivos.

Em sendo constatado o envolvimento de civis, a 5ª PJ solicitou e teve deferido judicialmente pelo Juízo Militar, o compartilhamento das provas com a 4ª Promotoria de Justiça de Navegantes, seguindo-se as investigações no intuito de desarticular o grupo criminoso.

Nesta quinta-feira (15/8), foram cumpridos seis mandados de prisão temporária e 11 de busca e apreensão, que contou com a participação da Corregedoria-Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, que vem dando suporte para as investigações.

O nome da operação, "Sistema Vital", foi dado em referência à importância dos sistemas vitais de proteção contra incêndios nas edificações que eram objeto de negociação por parte de agentes públicos com terceiros envolvidos.

Mais informações não podem ser repassadas nesse momento a fim de não prejudicar a continuidade das investigações.

 

 


Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social do MPSC

Saúde & Bem Estar

More Articles

Curiosidades da história

More Articles

Tecnologia

More Articles