Governo lança Programa SC Resiliente para atuar na prevenção a desastres em parceria com prefeituras

O Governo do Estado, por meio da Defesa Civil, lançou na tarde desta quarta-feira, 25, o Programa SC Resiliente.

A ação faz parte da Operação Primavera e tem por objetivo proporcionar uma atuação conjunta com as prefeituras na prevenção e mitigação de eventos climáticos e desastres naturais. Para garantir a efetividade da ação, uma linha de financiamento de aproximadamente R$ 175 milhões será colocada à disposição dos municípios, contando com o filtro da Defesa Civil estadual. Os recursos serão disponibilizados pelo Banco Mundial e pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

O lançamento do SC Resiliente ocorreu em meio ao 17º Congresso de Prefeitos, em São José. Presente no evento, o governador Carlos Moisés salientou os efeitos positivos que o Programa deve gerar em Santa Catarina, um dos estados brasileiros mais afetados por fenômenos climáticos.

“Esse é um grande projeto, já que o brasileiro não tem a cultura de trabalhar em prevenção. Os nossos municípios precisam estar atentos a isso. Esse dinheiro fará com que a gente consiga desenvolver projetos relevantes para Santa Catarina. Caberá à Defesa Civil avaliar a adequação desses projetos. Com certeza será um uso consciente do recurso público”, avaliou o governador.

Chefe da Defesa Civil estadual, o coronel João Batista Cordeiro Júnior frisou que o órgão atuará lado a lado com as prefeituras na avaliação dos projetos: "A primeira fase será de um diagnóstico dos municípios, realizada em parceria com as defesas civis municipais. Em seguida, será feito o planejamento do que a cidade precisa. Depois disso, será feito uma avaliação geral dos municípios, ranqueando-os. Queremos ajudar.”

BRDE Municípios


No mesmo evento, o BRDE anunciou um financiamento de R$ 83 milhões para os municípios catarinenses. Neste primeiro momento, 19 cidades já assinaram os contratos para acessar os recursos.

“O governo está fortalecendo os municípios. É neles que as pessoas vivem, é neles que precisam chegar as obras e ações do Estado, na saúde, na segurança, na educação e na proteção das pessoas”, frisou Carlos Moisés.

O governador destacou ainda o significativo papel das instituições, como o BRDE, no desenvolvimento regional: “É muito grande a importância dos bancos de fomento. Cabe a eles facilitar o crédito aos municípios. Os valores hoje disponibilizados vão impactar positivamente na vida das pessoas e gerar desenvolvimento.”

 

 

 


fonte:
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
Foto: Julio Cavalheiro/Secom

Saúde & Bem Estar

More Articles

Curiosidades da história

More Articles

Tecnologia

More Articles