Epagri oferece oficina online e gratuita sobre Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC)

Já pensou em colocar ora-pro-nóbis, hibisco, aroeira, erva-baleeira, moringa, língua-de-vaca, azedinha, picão-preto e outras Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC) no prato?

Basta saber identificar e usar essas plantas para aproveitar todo o sabor e os benefícios nutricionais que elas oferecem. É sobre essas plantas que a Epagri realiza um curso online e gratuito no dia 22 de julho, às 14h. A capacitação é aberta a agricultores, pescadores, maricultores, técnicos e interessados no tema.

Foto: Divulgação / Eapgri

Os participantes irão aprender sobre conceito de PANC, identificação, cultivo e uso de três tipos de PANC, o potencial dessas plantas para promover a soberania e a segurança alimentar e nutricional, além de noções de ergonomia na horta e na cozinha. “Falaremos sobre plantas e partes de plantas não convencionais disponíveis em Santa Catarina e outros locais nesta época do ano”, explica uma das palestrantes Cristina Ramos Callegari, extensionista social e nutricionista da Epagri. Os outros palestrantes serão Altamiro Morais Matos Filho, extensionista rural e engenheiro-agrônomo, e Cassandra Pulceno, extensionista social e fisioterapeuta, ambos da Epagri.

Estímulo à produção e ao consumo
O curso faz parte do Projeto de Identificação, Cultivo e Uso de PANC, desenvolvido em Florianópolis. Além das capacitações, o projeto envolve uma série de outras ações de extensão rural com o objetivo de estudar e divulgar os benefícios dessas plantas. A iniciativa busca resgatar e popularizar o consumo e a produção. Em 2019, foram realizadas oito oficinas no Centro de Treinamento da Epagri em Florianópolis (Cetre) e outras em municípios como Gravatal e Garopaba. “Neste ano, realizamos uma oficina online com os participantes de Florianópolis e agora teremos esta edição estadual”, conta a extensionista Cristina.

Reforço nutricional
As PANC podem ser aliadas de uma boa alimentação. “Os estudos são recentes e evidenciam um grande potencial em termos de nutrientes e compostos bioativos. A intenção é estimular a diversificação da alimentação incluindo alimentos disponíveis ao nosso redor para promover saúde”, diz Cristina.

Segundo a nutricionista, algumas PANC que ajudam a reforçar a imunidade são: almeirão de árvore (Lactuca canadensis L.), azedinha (Rumex acetosa L.), beldroega (Portulaca oleracea L.), bertalha (Basella alba L./Basella rubra L.), ora-pro-nóbis (Pereskia aculeata), picão-preto (Bidens pilosa L.) e taioba (Xanthosama taioba). Clique aqui para conhecer algumas receitas com PANC.

Como participar da oficina

A oficina será transmitida neste link. Para obter certificado, é preciso se inscrever enviando mensagem para o e-mail (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.) ou para o celular (48) 99912 3633 e registrar presença no formulário que será disponibilizado durante o curso.

 

 

 


fonte
Gisele Dias
Assessoria de imprensa
Epagri

Saúde & Bem Estar

More Articles

Curiosidades da história

More Articles

Tecnologia

More Articles