História de Balneário Camboriú

Conheça um pouco mais sobre a história de Balneário Camboriú.

Primeiros povos e Colonização

 Índios foram os primeiros habitantes e depois os imigrantes colonizadores Os encantos das praias na região atraíram os índios, que foram os primeiros habitantes constatados pelos registros de um sítio arqueológico encontrado na praia de Laranjeiras, datados de quatro mil atrás.
Relatos da chegada do homem branco remontam ao início do século XIX, quando os bandeirantes paulistas vieram em busca de metais preciosos e capturar os indígenas.
Segundo historiadores a ocupação oficial da área do Rio Camboriú aconteceu com a concessão de Sesmarias doadas pelo governador da Capitania de Santa Catarina, sendo esta distribuição de terras, a política de povoamento estabelecida inicialmente nas Colônias Portuguesas.
O imigrante português Baltazar Pinto Correa, que esteve primeiro em Porto Belo por volta de 1821, antes de vir para a região, só conseguiu receber a Carta de Sesmaria para ocupar oficialmente uma gleba de terra no canto norte da praia e começar o povoado, no 6 dia de setembro de 1826.
De acordo com o Isaque de Borba Correa, historiador e descendente de Baltazar, as áreas onde o seu tetravô se estabeleceu eram chamadas de Morro do Corrêa, Caminho do Corrêa e Praia do Corrêa. Este desbravamento do pioneiro Baltazar deu origem ao nome da região de Vila dos Pioneiros, o atual bairro dos Pioneiros.

 Freguesia de Nossa Senhora do Bom Sucesso de Camboriú

A colonização do povoado se estendeu para a margem oposta do Rio Camboriú, e Baltazar Pinto Correa junto com outros imigrantes, que também receberam sesmarias, fundaram o Arraial de Camboriú.
Em 7 de maio de 1849 o local foi elevado à categoria de Freguesia de Nossa Senhora do Bom Sucesso de Camboriú, devido à licença para o título de freguesia estar ligado à construção da Igreja de Nossa Senhora do Bom Sucesso, a atual Capela de Santo Amaro, tombada pelo Patrimônio Histórico como uma das Igrejas mais antigas de Santa Catarina.

Criação do Município de Camboriú

Em 1884, esta localidade onde hoje é o Bairro da Barra, também foi o lugar da criação do município de Camboriú, e antes pertenceu a Porto Belo e Itajaí. A sua instalação ocorreu em 15 de janeiro de 1885 e depois o centro administrativo foi transferido para as margens do Rio Pequeno, em 1890, na Vila dos Garcia, na atual cidade de Camboriú.
A agricultura era muito valorizada, pois o município se manteve por um longo período como o principal produtor de café do Estado, e a área da faixa litorânea desprezada.

A vila e a praia

As primeiras casas de veranistas, pertencentes a moradores de Blumenau, começaram a surgir em 1926, no centro da praia. Em 1928 o primeiro hotel abre suas portas e após seis anos surge outro estabelecimento hoteleiro. O turismo foi estimulado pelos blumenauenses, que a princípio vinham à praia seguindo recomendações médicas.
Camboriú era um município de contrastes entre a agricultura e a pesca. A principal estrada (hoje a BR 101) passava por dentro da cidade. Os moradores nativos, estabelecidos na orla, eram vistos como pessoas simples, que se limitavam apenas a pescar.
Já na Vila de Camboriú, os comerciantes e fazendeiros prosperavam e se destacavam. Durante a 2ª Guerra Mundial (1939-1945) o exército brasileiro usou as moradias da orla como observatório, ocasionando neste período o afastamento dos alemães do litoral.

Desenvolvimento no Litoral


O movimento de turistas intensificou, aumentando a valorização das áreas, e em 18 de fevereiro de 1959, a Câmara Municipal de Camboriú aprovou o projeto de resolução, do vereador Gilberto Américo Meirinho, para criação do Distrito da Praia de Camboriú, que abrangia toda a faixa litorânea.
Em 1959 o prefeito Acácio Bittencourt, de Camboriú nomeou Olávio Mafra Cardoso, 1º Intendente Distrital. Depois Florentino Baturité Campos e Paulo Willerich também assumiram a função de Intendente Distrital.

Movimentos para a emancipação de Balneário Camboriú

Na década de 1960, as atividades turísticas fortaleceram o desenvolvimento populacional e econômico na região do litoral. Com isso as atenções se voltaram para o Distrito da Praia que conseguiu eleger três vereadores nas eleições de 1961: Aldo Novaes, Urbano Mafra Vieira e José Linhares.
Nas eleições de 1962, Aldo Novaes foi vereador no município de Camboriú mais votado, quando foi eleito como o representante do distrito da Praia. Em fevereiro de 1964, Aldo apresentou um projeto de resolução para a criação do município de Balneário Camboriú.
Após muitas discussões o projeto foi aprovado e encaminhado à Assembleia Legislativa Estadual, para ser sancionado através da Lei n° 960, em 08 de abril de 1964, criando definitivamente o município de Balneário de Camboriú, que na época tinha quatro mil habitantes.

Instalado o município de Balneário de Camboriú

O Governador do Estado de Santa Catarina, Celso Ramos, decretou para o dia 20 de julho de 1964, a instalação do município. Inicialmente Balneário Camboriú foi administrado por dois prefeitos provisórios nomeados pelo governador: Evaldo Schaefer e Aldo Novaes, que exerceu a função até transmitir o cargo ao primeiro prefeito eleito, Higino João Pio, em 15 de novembro de 1965.


 Fonte: Câmara dos Vereadores de Balneário Camboriú.

Curiosidades da história

More Articles