MAIS UMA EMPRESA ADERE AO PROJETO DE RESTAURAÇÃO DO CASARÃO DE ESCALVADOS

O objetivo é garantir a preservação desse patrimônio cultural, que possui uma relevância histórica para o município de Navegantes, por se tratar de um remanescente da tipologia arquitetônica alemã, exercida pelos primeiros habitantes destas terras.


O projeto de restauração emergencial do Casarão de Escalvados, contemplado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, a Lei Rouanet, tem um novo patrocinador, para arcar com os custos da obra por meio de dedução fiscal.

Conforme a superintendente da Fundação Cultural de Navegantes, Luciane Chagas Bittencourt, o Posto Náutico Farol foi a primeira empresa que ganhou a autorização para patrocinar o projeto e, agora, os Supermercados Archer também estarão contribuindo com a preservação do patrimônio cultural de Navegantes.

O projeto

O projeto, aprovado no valor de R$ 226.901,00, contempla a restauração emergencial do imóvel localizado na Rua Loureci Soares da Silva, em Escalvados - com tombamento municipal desde novembro de 2013, com intervenções no telhado e na estrutura de alvenaria que garantam que o imóvel não desmorone. As obras só terão início quando a Fundação Cultural conseguir captar um valor suficiente por meio de patrocinadores.

O objetivo é garantir a preservação desse patrimônio cultural, que possui uma relevância histórica para o município de Navegantes, por se tratar de um remanescente da tipologia arquitetônica alemã, exercida pelos primeiros habitantes destas terras.

Você também pode contribuir

Quem quiser contribuir com a preservação do patrimônio cultural em Navegantes pode ser um patrocinador do projeto de restauração do Casarão. As pessoas físicas que contribuírem com projetos poderão deduzir até 6% do imposto a pagar, enquanto as pessoas jurídicas poderão deduzir até 4% do imposto.

A vantagem do patrocínio é a finalidade promocional, com a divulgação da marca da empresa junto ao projeto. Informações sobre patrocínio podem ser obtidas na Fundação Cultural, por meio do telefone 3185-2013.

 

 

 

 

 



fonte: Secretaria de Comunicação
Texto: Louise Benassi - SC 002880/JP