Final da Copa de Refugiados acontece em São Paulo

Os jogos serão realizados no dia 18, no Parque da Aclimação, e no dia 20, no Pacaembu. Líbano, Angola e Níger disputarão o torneio final ao lado da equipe Malaika

Torcedores brasileiros, refugiados e migrantes foram ao estádio do Pacaembu no ano passado - Foto: ACNUR/Gabo Morales

Com o tema “Não me julgue antes de me conhecer”, a Copa do Brasil de Refugiados terá seus jogos finais em São Paulo. As seleções de Líbano, Angola e Níger disputarão o torneio final ao lado da equipe Malaika, um time sub-20 formado por jovens refugiados de diferentes nacionalidades.

Os jogos do quandrangular serão realizados no dia 18, às 9h, no Parque da Aclimação. Os vencedores disputarão a grande final no dia 20, às 10h, no Estádio Municipal do Pacaembu. Nas etapas regionais, o Líbano foi o segundo colocado em Porto Alegre, a Angola campeã no Rio de Janeiro e o Níger campeão de São Paulo.

O campeonato, realizado pelo quinto ano consecutivo, é produzido pela ONG África do Coração, parceira da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR). Em 2018, cerca de 1 mil pessoas refugiadas, imigrantes e mesmo brasileiros estiveram na disputa dos campeonatos regionais, com 41 seleções formadas de 27 diferentes nacionalidades.

 

 

 

 


Fonte: Governo do Brasil, com informações da ONU