Hugo Calderano estreia contra jovem talento norte-americano no Aberto da Áustria

Torneio é o último da categoria mais alta do circuito mundial em 2019. Outros quatro brasileiros inscritos caíram antes de chegar à chave principal

Sexto melhor jogador do mundo, Hugo Calderano estreia nesta quinta-feira (13.11), em Linz, no Aberto da Áustria, última competição platinum do Circuito Mundial de Tênis de Mesa 2019. Pela fase de 32, ele encara o jovem norte-americano Kanak Jha, 26° do ranking mundial, a partir das 11h50 (de Brasília), com transmissão ao vivo da ITTF TV. Trata-se do duelo entre os dois melhores atletas da América na atualidade.

Calderano ocupa atualmente a posição de número seis do ranking mundial. Foto: Abelardo Mendes Jr./ rededoesporte.gov.br

Linz é um palco de boas lembranças para o brasileiro. Atualmente, um dos oito melhores resultados que Calderano defende para se manter em sexto lugar no ranking é justamente o do Aberto da Áustria de 2018, quando parou nas quartas de final. Em 2016, ele alcançou a decisão do torneio, perdendo na final para o japonês Kenta Matsudaira.

“A atmosfera aqui é sempre boa e fica bem perto da minha casa na Alemanha. São quatro horas de carro. A mesa é a que estamos acostumados a jogar na Alemanha”
Hugo Calderano
Além disso, Calderano pode se sentir em casa na Áustria. Atuando no Ochsenhausen, da Alemanha, onde é o principal nome do campeonato local, ele está bem ambientado ao clima do evento. “A atmosfera é sempre boa. Além disso, fica bem perto da minha casa na Alemanha, são quatro horas de carro. Vou dirigindo. A mesa é a que estamos acostumados a jogar na Alemanha”.

Além de Calderano, o Brasil terá representantes na chave principal também de duplas masculinas. Gustavo Tsuboi e Vitor Ishiy passaram pala fase preliminar, ao vencerem a parceria formada pelo finlandês Benedek Olah e o eslovaco Lubomir Pistej, por 3 a 1 (11/8, 3/11, 11/6 e 11/7). Nas oitavas de final, os brasileiros revivem o duelo das quartas de final do Mundial de Equipes, contra os sul-coreanos Jeoung Youngsik e Lee Sangsu, líderes do ranking mundial de duplas.

Outros brasileiros

Os demais brasileiros que disputavam os torneios individuais feminino e masculino não conseguiram classificação para a chave principal. Bruna Takahashi e Gustavo Tsuboi chegaram perto, caindo na fase preliminar 4, a última. Bruna passou pela chilena Paulina Veja, por 4 a 3 (12/10, 6/11, 11/9, 11/6, 4/11, 11/13 e 11/6), mas caiu na sequência para a chinesa Wang Yidi, por 4 a 0 (8/11, 4/11, 10/12 e 3/11). Gustavo Tsuboi venceu bem o jovem sueco Truls Moregard, por 4 a 1 (11/4, 8/11, 11/1, 11/3 e 11/8), mas foi derrotado no jogo seguinte, pelo esloveno Darko Jorgic: 4 a 3 (11/8, 8/11, 9/11, 11/8, 4/11, 11/2 e 7/11).

Thiago Monteiro parou na fase preliminar 3, ao ser superado pelo japonês Maharu Yoshimura, por 4 a 2 (11/8, 6/11, 11/9, 8/11, 8/11 e 5/11). Vitor Ishiy também encerrou a participação nesta fase, ao cair para o alemão Ricardo Walther, com o mesmo placar (11/5, 13/11, 10/12, 10/12, 3/11 e 7/11).

 

 


Fonte: Confederação Brasileira de Tênis de Mesa

Saúde & Bem Estar

More Articles

Tecnologia

More Articles