Brasileira avança à semifinal do Mundial de Ginástica de Trampolim

Classificada, Camilla Gomes segue na luta por uma vaga em Tóquio 2020

O Brasil estreou na madrugada de hoje (28.11) no Mundial de Ginástica de Trampolim de Tóquio (Japão), sediado no recém-construído Ariake Gymnastics Centre, palco das competições durante os Jogos Olímpicos de 2020. A primeira a garantir vaga na semifinal individual feminina foi Camilla Gomes, que ficou em 19º lugar entre as 23 primeiras colocadas que avançaram.

Foto: CBG

Entre os homens, o atual campeão brasileiro Rayan Dutra terminou em 28º lugar e, a princípio, estaria desclassificado. No entanto, o regulamento prevê dois reservas além dos 24 primeiros colocados, e o brasileiro está entre eles já que um chinês e um bielorrusso (25º e 26º colocados) tiveram de abrir mão das vagas devido ao limite de três classificados por país. As semifinais serão neste sábado (30), a partir das 3h (horário de Brasília).

A competição em Tóquio é a primeira seletiva que assegura vagas para o trampolim individual feminino (oito vagas) e masculino (oito) na Olimpíada do ano que vem no Japão. O evento reúne 341 ginastas de 37 países. A delegação brasileira conta com oito atletas (quatro homens e quatro mulheres). Os atletas do Brasil voltam a competir na madrugada deste sábado (30), nas qualificatórias do trampolim sincronizado feminino e masculino, a partir de 1h (horário de Brasília).

Classificação

Das 79 inscritas no primeiro dia de provas qualificatórias, a brasileira Camilla Gomes obteve a 19ª melhor pontuação (101.355) somando as duas apresentações, suficiente para assegurar presença nas semifinais. Já a disputa masculina reuniu 98 atletas.

Além de Camilla e Rayan, outros seis brasileiros participaram das classificatórias nesta manhã, mas não somaram pontos suficientes para seguir na disputa. Alice Gomes, atual campeã brasileira, terminou em 31º lugar, Daienne Lima ficou em em 40º e Ingrid Souto Maior ficou em 54º lugar. Na disputa individual masculina, Lucas Tobias alcançou a 52ª posição, Rafael Andrade ficou em 64º lugar e Carlos Ramirez Pala, em 84º.

 

 

 

 


Fonte: Agência Brasil

Saúde & Bem Estar

More Articles

Tecnologia

More Articles