Seleção feminina de futebol empata sem gols com a Holanda, vice-campeã mundial

Equipe nacional segue invicta sob comando de Pia Sundhage, com seis vitórias e três empates

Brasil e Holanda entraram em campo na tarde desta quarta-feira (4.03) e fizeram suas estreias no Torneio Internacional da França. Em preparação para a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, a Seleção Feminina ficou no empate por 0 x 0 contra as atuais vice-campeãs do mundo.

Partida foi de grande equilíbrio. Equipe nacional volta a campo no sábado, contra a França. Foto: A2M/CBF

Com o resultado, o Brasil divide a segunda colocação do torneio com a Holanda, com um ponto cada. No outro jogo, a França derrotou o Canadá por 1 x 0 e lidera a competição com três pontos. A igualdade também mantém a invencibilidade do time sob o comando da técnica sueca Pia Sundhage, com seis vitórias e três empates. A equipe volta a campo no sábado (7.03), a partir das 17h (de Brasília), quando irá enfrentar justamente a seleção francesa.

As equipes começaram se estudando nos primeiros minutos. O Brasil, com maior volume, comandava as ações, apesar de não conseguir furar a defesa holandesa para finalizar. Ainda assim, as primeiras chances reais vieram do lado holandês. Aos 20, Goenen recebeu ótima bola dentro da área, mas, de primeira, bateu pelo lado direito da goleira Aline Reis. Na segunda oportunidade, Van den Donk puxou ótimo contra-ataque e ficou de frente com a camisa 12 brasileira. Na hora da finalização, Luana apareceu para cortar o lance já dentro da grande área.

A melhor chegada do Brasil aconteceu já na reta final de primeiro tempo, aos 43 minutos. Marta bateu escanteio fechado e a zaga adversária cortou. A bola caiu novamente nos pés da camisa 10, que levantou na área para Daiane. A zagueira brasileira se abaixou para cabecear, mas a finalização foi para fora.

Na volta dos vestiários, o Brasil cresceu de rendimento. Logo aos cinco minutos, um ótimo contra-ataque chegou aos pés de Luana. A camisa 23 cruzou fechado, mas a goleira Geurts saiu bem para cortar o passe.

Fazendo sua estreia pela Seleção Brasileira, a goleira Natascha mostrou seu cartão de visitas em duas boas chegadas da Holanda. Aos 15, Van den Sanden recebeu bola rasteira, invadiu a área e bateu de canhota. A camisa 24 fez ótima intervenção. Mais tarde, aos 27, novamente o duelo contra a camisa 7 holandesa. A atacante foi lançada e bateu com força, cara a cara com a brasileira, que esticou o pé para evitar o gol.

A resposta do Brasil aconteceu três minutos depois. Após bate-rebate dentro da área, a bola sobrou para Andressinha. A jogadora brasileira bateu com força da entrada da área, mas Spitse entrou no caminho e impediu o gol.

BRASIL
Aline Reis (Natascha); Luana (Andressinha), Antônia, Daiane e Jucinara; Thaisa, Formiga (Tayla), Debinha (Cristiane) e Andressa Alves; Marta (Bia Zaneratto) e Ludmilla (Thaís)
Técnica: Pia Sundhage

 

 

 


Fontes: CBF e Agência Brasil

Saúde & Bem Estar

More Articles

Tecnologia

More Articles