Fifa aprova escolha de Madri para final da Libertadores

A Fifa aprovou a decisão de se disputar em Madri a final da Copa Libertadores, entre as equipes argentinas River Plate e Boca Juniors. A afirmação foi feita pelo presidente da Fifa, Gianni Infantino, em entrevista coletiva na Cúpula do G20, da qual participa como convidado.

Jogo entre times argentinos foi adiado após conflitos entre torcedores

Jogo entre o Boca e o River foi suspenso após conflitos próximo ao estádio - José Romero/EFE/ Direitos Reservados

“Foi um momento muito triste”, disse Infantino sobre a suspensão do jogo de volta, que seria disputada no Estádio Monumental de Nuñez, na semana passada. O jogo de ida foi na Bombonera e terminou empatado em 2 a 2.

“Não é uma guerra; gera muita emoção, mas não deixa de ser um jogo”, acrescentou o presidente da Fifa, que está na Argentina desde o adiamento da partida.

Infantino disse ainda que os incidentes que ocorreram previamente à suspensão do jogo decisivo “têm que marcar um antes e um depois” para as pessoas ligadas ao futebol.

No dia 24 de novembro, pouco antes da partida, o ônihus que levava os jogadores do Boca Juniors ao Monumental foi atacado a pedradas por torcedores adversários. No dia seguinte, a direção do Boca pediu o adiamento da final, alegando a gravidade e magnitude dos atos de violência, as consequências destes sobre a equipe e a falta de segurança para realização da partida.

 

 

 

 


fonte: Agência Brasil* Buenos Aires
*Com informações da Télam

 

Esportes

More Articles

Saúde & Bem Estar

More Articles

Tecnologia

More Articles