Avanços: Explorando a Tecnologia Real Player Motion

Saiba mais sobre a tecnologia que está revolucionando a EA SPORTS

Resumo rápido:

  • A Real Player Motion (RPM) é uma nova tecnologia criada para melhorar a qualidade da animação;
  • A RPM aprimora a qualidade da animação, possibilitando imitar com mais fidelidade as ações de jogadores da vida real;
  • Essa tecnologia está chegando aos nossos jogos da EA SPORTS e já está disponível no FIFA 18 e no UFC 3.

"EA SPORTS: It’s in the game." Desde 1991, os títulos da EA SPORTS buscaram emular, o máximo possível, os esportes representados. Elencos reais das equipes, jogadas ensaiadas realistas, narração profissional: todos esses elementos foram implementados nos jogos da EA SPORTS com fidelidade cada vez maior. A cada ano que passa, pode ficar difícil para o fã perceber todas as melhorias da jogabilidade.

Até a chegada da Tecnologia Real Player Motion (RPM). RPM é um novo sistema de animação que oferece a jogabilidade mais fluida e de resposta mais imediata de todos os tempos. Geoff Harrower, engenheiro de software principal do UFC, descreveu a tecnologia em mais detalhes.

"Antes de adotarmos a tecnologia RPM, os recursos de animação dos nossos jogos consistia de pequenos trechos de animação costurados em tempo de execução. Além de levar muito tempo para montar esses sistemas, havia uma limitação real da qualidade visual que se podia obter com essa abordagem," disse Harrower. "Ao contrário, a tecnologia RPM nos possibilita capturar trechos longos de animação. Não há necessidade de editar os dados. O resultado possibilita um movimento muito mais natural, mais autêntico ao contexto em que é reproduzido."

As equipes de desenvolvimento já planejam colocar a tecnologia RPM de várias formas em títulos futuros. Por exemplo, a RPM afetará as movimentações de controles, locomoção e comemorações de touchdown no Madden NFL 19. Mas como se trata de uma tecnologia nova, Clint Oldenburg , designer chefe de jogabilidade do Madden NFL 19, acha que o maior desafio não está em usar a RPM, mas sim em descobrir o que a tecnologia não pode fazer.

"Não tivemos tempo ainda para tirar tudo que a RPM tem para oferecer, o que é ótimo para os nossos jogadores," Oldenburg disse.

"A RPM traz novos movimentos de jogadores, física aprimorada e mais controle em todos os aspectos. Mas ainda há muito que não tiramos proveito da tecnologia RPM no Madden 19, mas que implementaremos na RPM no futuro."

Ainda que o céu seja o limite para a implementação da RPM em jogos futuros, os títulos pioneiros da tecnologia tiveram que lidar com algumas dificuldades.

"Utilizar a RPM não é trivial. Tivemos que reprogramar todo o sistema de luta em pé do UFC 3,” Harrower disse. "Isso nos deu uma oportunidade de realizar melhorias significativas que talvez não tivéssemos a chance antes, mas os maiores benefícios foram na movimentação. Foi como se tivéssemos avançado uma geração inteira."

Em seguida estão exemplos de como a Tecnologia Real Player Motion foi introduzida no FIFA 18 e no UFC 3 e será implementada nos futuros títulos da EA SPORTS:

FIFA 18:

O sistema de animação possibilitou um novo patamar de resposta rápida e de personalidade para os jogadores, possibilitando que Cristiano Ronaldo e outros jogadores se movimentem como fazem nos gramados reais.

UFC 3:

Todo soco, chute, bloqueio e contra-ataque foram recapturados e remodelados usando a tecnologia RPM. Os jogadores agora se movimentam e golpeiam ao mesmo tempo, além de criar combinações fluidas com os melhores lutadores do UFC.

Madden NFL 19:

A experiência do jogador sempre é o foco do Madden NFL 19. Avanços na tecnologia RPM oferecem aos jogadores ainda mais controle e rapidez de reação, além de animações hiper-realistas, que são elementos incríveis para o controle do atleta com a posse da bola.

NBA LIVE 19:

A RPM dará aos nossos jogadores uma experiência mais fluida e de resposta mais rápida. Onde fica mais evidente é na movimentação do jogador com a bola em termos de poder mudar de direção, avançar para cesta, além da fluidez do visual: é um grande salto em qualidade.

 


Fonte: Eletronic Arts