Brasil na ONU e mais empregos

O presidente Jair Bolsonaro estreou nesta semana na Sessão de Debates da Assembleia Geral das Nações Unidas em Nova Iorque (EUA) e defendeu a soberania do Brasil.

Além disso, Operação Verde Brasil que apoia o combate ao fogo na Amazônia aplicou em um mês R$ 36,3 milhões. E em agosto, foram gerados 121.387 vagas de emprego com carteira assinada. É o melhor resultado para o mês desde 2013.

ONU: nas Nações Unidas o presidente Jair Bolsonaro defendeu a recuperação da economia brasileira com a abertura comercial e a integração do país nas cadeias produtivas mundiais de valor. Um exemplo, segundo o presidente, foi o acordo comercial fechado no fim de junho entre o Mercosul e a União Europeia. Bolsonaro também defendeu a soberania do Brasil sobre a Amazônia.

Operação Verde Brasil: prorrogada até 24 de outubro, a Lei da Garantia e da Ordem Ambiental (GLOA). Nesta semana, a Operação Verde Brasil apresentou balanço de um mês de atividades na Amazônia Legal. No período foram aplicados R$ 36,3 milhões em multas e 112 termos de infração envolvendo desmatamento, apreensão de madeira e garimpo ilegal na floresta. Os dados do balanço mostram ainda que foram combatidos 571 focos de incêndio por terra e 321 por meio aéreo.

PGR: O novo Procurador-geral da República, Augusto Aras, tomou posse para o biênio 2019-2021 a frente do Ministério Público Federal. O novo Procurador-geral afirmou que sua atuação vai ser pautada pelos princípios da legalidade e do diálogo, além do zelo pelos direitos humanos e garantias fundamentais da Constituição Federal.

Empregos: O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do ministério da Economia revelou que em agosto houve um saldo de 121.387 vagas com carteira assinada. Foi o melhor resultado para o mês desde 2013. No acumulado do ano, de janeiro a agosto, o Caged registra um saldo líquido de 593.467 empregos criados com carteira assinada no Brasil.

Economia: O Banco Central revisou a estimativa de crescimento da economia brasileira em 2019, de 0,8 para 0,9%. Segundo a Autoridade Monetária o aumento se deve ao Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre deste ano, que, de acordo com o IBGE, cresceu 0,4% em relação aos três primeiros meses do ano.

Arrecadação: Depois da arrecadação de julho registrar alta, a arrecadação de agosto seguiu no mesmo caminho. De acordo com a Receita Federal a arrecadação de agosto registrou alta de 5,67% em relação a agosto de 2018, descontada a inflação. Em termos nominais, representou R$ 119.951 bilhões. Receitas extraordinárias com o Impostos de Renda da Pessoa Jurídica (que incide sobre empresas), o Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF) sobre operações de crédito e ganhos de capital em operações na Bolsa de Valores explicam o aumento da arrecadação de agosto, segundo a Receita.

Carteira Digital: entrou em vigor o documento eletrônico e equivalente a Carteira de Trabalho e Previdência Social física. Entre as vantagens para o trabalhador está o tempo para receber o documento. Em vez de 17 dias, em média, entre a solicitação e a obtenção no caso da física, a digital vai levar um dia. Já a economia estimada pela Secretaria de Governo Digital do ministério da Economia é de R$ 888 milhões, sendo R$ 739 para os cidadãos e R$ 149 milhões para o governo.

 

 

 

 


fonte: brasil.gov

Notícias, Dicas & Informações de Santa Catarina

More Articles

Curiosidades da história

More Articles

Tecnologia

More Articles