Joe Biden mais perto de concorrer à presidência dos EUA

Ex-vice-presidente de 77 anos obtém os delegados necessários a enfrentar Trump nas eleições de 3 de novembro. Até lá, ele quer merecer os votos dos americanos para "vencer a batalha pela alma desta nação".

Ex-vice Joe Biden promete unificar os EUA após polarizadores anos Trump

O ex-vice-presidente Joe Biden anunciou nesta sexta-feira (05/06) ter conquistado os delegados necessários a garantir sua candidatura à presidência dos Estados Unidos pelo Partido Democrata. Estando ainda agendadas votações em oito estados e três territórios americanos, ele já conta com 1.993 delegados (eram necessários 1.991).

Assim, ele assegurou formalmente a nomeação presidencial democrata para as eleições de 3 de novembro, em que enfrentará o atual presidente, Donald Trump, que se recandidata para um segundo mandato.

"Foi uma honra competir com um dos grupos de candidatos mais talentosos que o Partido Democrata já teve", declarou o veterano democrata de 77 anos. "Tenho orgulho em dizer que estamos indo para esta eleição geral como um partido unido."

Biden, que foi o vice do antecessor de Trump, o presidente democrata Barack Obama, prometeu lutar até 3 de novembro para "merecer os votos dos americanos, por toda parte deste grande país, a fim de, juntos, vencermos a batalha pela alma desta nação".

Caso eleito, Biden prometeu se esforçar para unificar o país, após os anos polarizadores da administração republicana de Trump. O pleito se anuncia num cenário sem precedentes de pandemia, colapso econômico e agitação civil.

 

 

 

 

 


fonte: DW
AV/rtr,afp,dpa

Curiosidades da história

More Articles