Mobile World Congress 2019: 5G e celulares dobráveis

O Mobile World Congress, maior encontro da indústria de telefonia móvel, está ocorrendo em Barcelona. Neste ano, telas dobráveis e aparelhos com acesso a redes 5G roubaram o show. Veja alguns destaques.

Dobráveis no centro das atenções
Este ano, as telas dobráveis foram a principal atração do Mobile World Congress. A Huawei esteve no centro das atenções com o lançamento de seu smartphone Mate X. Mas quem saiu na frente foi a empresa chinesa Royole, com o lançamento de um aparelho dobrável em outubro.


Mate X, da Huawei
O Mate X possui uma tela dobrável e compatibilidade 5G. O aparelho foi lançado apenas uma semana depois do Galaxy Fold da Samsung, que também é dobrável. A empresa chinesa conseguiu lançar o aparelho a um preço atrativo em relação ao aparelho da rival sul-coreana. O Mate X custa 2.600 dólares.


Interação de tecnologias
O aparelho dobrável da Huawei atraiu grande interesse dos visitantes, mas a empresa também lançou alguns notebooks novos em Barcelona. A função OneHop, do Matebook X Pro, permite a gravação do que está sendo exibido na tela quando o usuário sacode o seu smartphone Huawei em frente a ela.


Mobilidade de nova geração
Companhias automobilísticas também foram bem representadas na feira. Muitas delas, como a alemã BMW, esperam que as velocidades rápidas e a baixa latência de rede do 5G permitam inovações na área de veículos autônomos.


Aumento de popularidade
O MWC é um evento de grandes proporções. Mais de duas mil empresas exibem na feira e mais de 100 mil pessoas a visitam. As áreas temáticas deste ano foram 5G, inteligência artificial e indústria 4.0. Mas bem-estar digital e temas ligados a privacidade e ética no uso de dados também foram debatidos.


Prazer tecnológico
A missão da startup londrina Mystery Vibe é usar tecnologia para "completar" o prazer sensorial. No MWC, a companhia exibiu o Tenuto, um vibrador vestível para homens.


Os robôs estão chegando
O robô XR-1, desenvolvido pela CloudMinds, é compatível tanto com redes 4G quanto 5G. Ele interage com humanos usando sensores e módulos de percepção visual. A fabricante afirma que ele pode ser usado como porteiro, recepcionista e no setor de cuidados com idosos.



Avanços em inteligência artificial
O robô XR-1 consegue segurar diversos objetos, incluindo itens tão finos quanto uma agulha. A CloudMinds afirma que o robô humanoide também é capaz de desenvolver inteligência emocional. O preço de tudo isso: 99 mil dólares.

 

 

 

 

 


fonte: DW

Curiosidades da história

More Articles