Ônibus elétrico gratuito passa a circular em definitivo em Volta Redonda

Projeto 'Tarifa comercial zero' iniciou operação com ônibus interligando centros comerciais da cidade; projeto pode ter até 3 veículos até o final de 2018

O projeto ‘Tarifa Comercial Zero’, da cidade fluminense de Volta Redonda, começou a funcionar em definitivo na manhã desta quarta-feira, dia 16 de julho de 2018, com a circulação de um novo ônibus 100% elétrico.

O projeto ‘Tarifa Comercial Zero’ operou em caráter experimental durante algumas semanas a partir do dia 9 de outubro de 2017. A cidade foi a primeira do país a ter um ônibus elétrico circulando sem cobrar tarifa da população. O primeiro ônibus adquirido para o programa em 2017 era 100% elétrico e nacional, com capacidade para 83 pessoas, e serviu como parte do processo de planejamento de implantação do ônibus.

O projeto, que agora passa a operar em definitivo, abrange os quatro maiores centros comerciais de Volta Redonda, levando consumidores praticamente à porta dos estabelecimentos comerciais da Vila Santa Cecília, Aterrado, Centro e Retiro.

O ônibus gratuito faz paradas apenas em pontos exclusivos, diferentes daqueles dos ônibus convencionais. Além de não emitir gases poluentes, nem provocar ruídos, ele é equipado com ar condicionado, internet Wi-Fi e ligações USB para recarregar celulares.

O horário de operação também é diferenciado: de segunda a sexta-feira, das oito da manhã às seis da tarde, cobrindo o funcionamento da maioria dos estabelecimentos comerciais. No sábado, o elétrico roda até as 14 horas, com total acessibilidade e zero poluição.

Para a segunda etapa do projeto, que agora entrou em operação, a prefeitura de Volta Redonda abriu licitação para a compra de três ônibus elétricos no início de março deste ano. A Central Geral de Compras (CGC) da administração municipal homologou a aquisição dos novos veículos no dia 1º de março de 2018.

O programa, que começa com um veículo, poderá chegar a três até o final deste ano. A prefeitura afirma que com três ônibus elétricos no ‘Tarifa Comercial Zero’ o intervalo entre as viagens será de apenas 20 minutos.

PESQUISAS MOSTRAM ACEITAÇÃO AO PROJETO

Na fase experimental do projeto a prefeitura aplicou uma pesquisa junto aos usuários do Tarifa Comercial Zero.

O objetivo era conhecer o destino e a motivação para o uso do ônibus gratuito. Para 94,7% a existência do ônibus elétrico circular e gratuito incentiva a ida ao comércio local para fazer compras. E para 95% o fato do veículo ser elétrico serve de estímulo para o uso.

 

 

 

 

 


fonte: Rede Cidade Digital
Via: Diário do Transporte

Tecnologia

More Articles